Liga de Doações Conecta SC faz primeiras doações para entidades sociais de Lages

 


Na Serra Catarinense, os sindicatos da indústria filiados à Fiesc, se unem e buscam somar forças junto aos trabalhadores do setor para conectar o maior número possível de pessoas dispostas a ajudar a amenizar as dificuldades enfrentadas por entidades que atendem crianças e adolescentes carentes, idosos asilados e hospital.


As primeiras doações já foram entregues para entidades de Lages. A Irmandade Nossa Senhora das Graças, localizada no bairro Popular, recebeu 60 cestas básicas de um total de 360 que devem ser entregues até o mês de agosto. Para a diretora, irmã Celestina Peron é um momento muito importante, sobretudo para as 160 crianças e adolescentes atendidas pela entidade. “Essas crianças e suas famílias necessitam muito desse trabalho que os empresários estão fazendo. Eles estão em casa, mas nós levamos a cesta para aqueles que não podem vir buscar. Deus abençoe todos que estão realizando essa ação solidária”.


A Liga de Doações Conecta SC, incentiva a doação de alimentos, produtos de higiene e limpeza que podem ser entregues em pontos coletas localizados nas indústrias, e nas FarmaSEsi de Lages, no bairro Coral, Correia Pinto e Otacílio Costa.


O vice-presidente da Fiesc na Serra Catarinense, Israel Marcon, explica que os sindicatos já têm feito contribuições para entidades que neste momento de pandemia necessitam de auxilio e, atendendo a um pedido dos próprios trabalhadores abrem espaço para que eles também possam contribuir de alguma forma. “Aqui na Serra fizemos uma pesquisa para entender quais eram as necessidades da nossa região, entendendo que dessa forma, conseguimos ser mais ágeis, fazendo com que a ajuda chegue mais rápido as entidades que necessitam de apoio. Esse trabalho deve ser feito pelos próximos 90 dias”.

Além da Irmandade, receberam doações a Casa Colibri, que trabalha no apoio aos pacientes em tratamento de câncer vindos de diversas regiões de Santa Catarina. A entidade terá a quitação das faturas de energia elétrica, água e telefone nos meses de junho, julho e agosto.


Tradicionalmente, no mês de junho, a Casa realiza um jantar dançante, onde são comercializados os cobertores fabricados por voluntárias. Neste ano, o evento não poderá ocorrer e, com isso, diminui a capacidade de atendimento no local. Consequentemente, menos pessoas doentes poderão buscar estada no local enquanto se recuperam dos efeitos colaterais do tratamento. “Toda ajuda que vier para a Colibri eu agradeço”, reitera diretora Neusa Maria Lopes de Oliveira.


Pelo mesmo período, o Asilo Vicentino, que atende 83 idosos entre 60 e 110 anos de idade, receberá a doação de materiais de limpeza. Os primeiros produtos, já foram entregues.
O Lar Menino Deus Lar Menino Deus receberá além material de limpeza, 4 mil e quinhentas fraldas geriátricas. A entidade possui 53 moradores. Destes, 17 cadeirantes acamados, que necessitam por mês de cerca de 3,5 mil fraldas.


Em Otacílio Costa as doações serão destinadas ao Hospital Santa Clara e, em Correia Pinto, para a Secretaria de Assistência Social.
Pontos de coleta estão localizados nas industrias da Serra Catarinense, filiadas aos sindicatos patronais, nas Unidades do SESI e SENAI e, ainda na FarmaSEsi do Bairro Coral, em Lages, e nas unidades localizadas em Otacílio Costa e Correia Pinto.

Contato


captcha
Powered by BreezingForms

Localização


R. Nossa Senhora dos Prazeres, 102 - Centro ⁞ Lages/SC ⁞ CEP:88502-230 ⁞ (49) 99800-7094